Ecos do Registo

Participe das discussões à volta do registo eleitoral. Saiba como o processo tem sido debatido nas redes sociais e deixe o seu comentário na nossa página do facebook.

 

Em Menongue, província do Cuando Cubango, três equipas de brigadistas de actualização dos dados dos cidadãos residentes naquela cidade trabalharam ontem em três pontos principais definidos, para possibilitar os eleitores que não o fizeram até ao momento.
A informação foi avançada sábado pelo director municipal dos Registos de Menongue, Carlitos André, tendo avançado que uma das equipas continuará a trabalhar na emissora provincial do grupo Rádio Nacional de Angola, para actualizar os que vivem no centro da cidade.
Uma outra equipa funcionou no aeroporto “Comandante Cuenha”, para possibilitar a actualização dos dados e prova de vida dos funcionários da ENANA e da Alfândega, dada a pouca facilidade que têm para o fazerem.
Carlitos André disse ainda que uma outra equipa trabalhou na Igreja Católica, situada no bairro Novo, não só para registar os cristãos mas também aquelas pessoas que vivem nas redondezas.
Carlitos André garantiu que, apesar da insuficiência de brigadistas, o processo está a ser desenvolvido como programado. Actualmente, cada brigadista está a registar 30 eleitores, mas esta cifra está a ser superada diariamente, atingindo 100 cidadãos.  As dez brigadas de actualização de registo de Menongue estão a trabalhar nos bairros periféricos da Paz, Cazenga, 4 de Abril, 45 Casas, Novo e na zona urbana da cidade de Menongue.


Ainda no Cuando Cubango…agentes da UNITA

Ao todo, 47 agentes eleitorais da UNITA no Cuando Cubango terminaram sábado uma formação que visa dinamizar a sensibilização sobre a necessidade da actualização do registo eleitoral em curso no país e outras acções do partido.
No acto de encerramento, o secretário provincial da UNITA, Adriano Sapiñala, referiu que o partido tem estado a desdobrar-se a nível dos comités no sentido de capacitar os quadros, dada a dinâmica que se avizinha no país.
A formação, com a duração de mais de duas semanas, teve o seu começo no comité Rainha Njinga, depois estendeu-se ao Ndumbo e na semana que hoje termina a UNITA esteve no bairro Paz, arredores da cidade de Menongue.
Sapiñala lembrou aos quadros e militantes presentes na cerimónia que, a nível do país, o processo de registo eleitoral presencial irá capacitar os cidadãos nacionais a exercerem o seu direito de voto em Agosto do próximo ano. Considerou que o número de pessoas que já actualizaram os seus dados, mais de 500 mil, ainda está aquém do esperado.
O secretário provincial da UNITA no Cuando Cubango aproveitou o momento para apelar a todos os angolanos em geral e em particular a todos os militantes do seu partido para afluírem em massa aos postos de actualização do registo eleitoral.
“Estamos a fazer este apelo porque temos, antes de tudo, de nos capacitar para exercermos o nosso direito no próximo ano. É nesta perspectiva que achamos que os nossos militantes não podem estar à parte deste registo que está a decorrer neste momento”, sublinhou.

Estou presente como uma boa angolana de raiz e coração.

Estou presente para cumprir o meu dever de Cidadania. 

Tem dúvidas? Contacte-nos. Estamos disponíveis para o ajudar. Contactar Agora